domingo, 26 de abril de 2015

MIS-SP mostra trabalho de fotógrafos lambe-lambe nos anos 70

Como parte das comemorações dos seus 45 anos, o Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo apresenta, até 14 de junho, uma exposição que resgata parte da história fotográfica da capital paulista. Chamada de Lambe-lambe: os Fotógrafos de Rua na São Paulo dos Anos 70, a exposição é composta por uma coleção de fotos proposta por Marcio Lucas Gimenez Mazza e José de Fernandes Teixeira Filho, que retratam fotógrafos daquela época em atividade.

A exposição, gratuita, tem curadoria de Isabella Lenzi, e integra o programa anual do museu chamado Maio Fotografia no MIS. “Essa exposição é um recorte do acervo do MIS, que em maio completa 45 anos. Meu ponto de partida foi compreender a história desse museu”, explicou a curadora à Agência Brasil.

Os fotógrafos trabalhavam principalmente em parques, no centro da capital paulista, e utilizavam uma máquina que parecia um caixote, com um laboratório acoplado, e também uma espécie de saco preto, no qual se posicionavam para clicar e revelar a foto instantaneamente. Os lambe-lambe surgiram na cidade no início do século 20, mas viveram o seu grande momento entre as décadas de 40 e 50. Quando a coleção que está sendo apresentada pelo museu foi montada, na década de 1970, os lambe-lambe já eram raros na cidade.

“Esses fotógrafos registravam as pessoas nos espaços públicos, e todo o processo de fotografia e revelação era feito na hora. Era uma fotografia instantânea. As famílias iam para as praças para serem fotografadas”, disse a curadora. “Esses profissionais eram desconhecidos, trabalhavam nas ruas, mas estão no imaginário da população de todo o país. Até hoje ainda existem lambe-lambe, e todo mundo tem em casa uma fotografia lambe-lambe. Essa exposição é uma homenagem a esse profissional”, segundo Izabella.

A coleção conta com cerca de 80 ampliações fotográficas e 80 cromos coloridos, além de depoimentos dos fotógrafos de rua e uma câmera Bernardi, de 1921. Há também uma carta assinada por Marcio Mazza e José Teixeira Filho, na época estudantes da Universidade de São Paulo (USP), ao então diretor executivo do museu, Rudá de Andrade, em que propõem registrar e pesquisar os fotógrafos lambe-lambe.

A médica Regina Barros Domingues visitou a exposição na última quinta-feira (23). “Achei bem legal, bem interessante. Lembrei ter visto [fotógrafos lambe-lambe] na infância, nas praças de São Paulo”, disse.

A origem do nome lambe-lambe é desconhecida. Mas há duas hipóteses principais para o apelido: a primeira aponta que o nome surgiu no período em que eram utilizadas placas de vidro para fazer os negativos e os fotógrafos lambiam a placa para determinar o lado da emulsão fotográfica. A outra versão é de que o nome surgiu porque os fotógrafos lambiam os envelopes com fotos antes de fechá-los e entregá-los aos clientes. “Há também uma versão de que os clientes passavam a língua na mão, e esta, umedecida, era levada ao cabelo para se arrumar [para a foto]”, acrescentou a curadora.

Além desta exposição, o MIS está com mais três exposições fotográficas. Entre elas, O Mundo Revelado de Vivian Maier, que apresenta parte da obra da fotógrafa norte-americana, que trabalhou como babá por 40 anos, e teve sua obra descoberta somente em 2007, dois anos antes de morrer. Os outros projetos são: Perto do Rio Tenho Sete Anos, fotografias em grande formato de André Gardenberg, inspiradas no universo do poeta Manoel de Barros; e Rastros 1, de Roberto Frankenberg, que retrata campos de concentração nos quais morreram seus parentes.

Para o fotógrafo Adilson Santos, é importante que conhecemos não só esta história, como levemos nossos filhos, a nova geração, para que nesta era moderna onde fazemos fotos com celulares e até relógios, onde eles possam ver e conhecer a história da fotografia.

Fonte: Agência Brasil

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Prefeito Marcos Borges apresenta ao ministro Kassab projeto para conjunto habitacional na Vila Perracine

Solicitação foi feita durante visita do ministro das Cidades a Mogi das Cruzes para assinatura de ordem de serviço de obras na área central do município

Prefeito Marcos Borges entrega projeto de novo empreendimento
residencial do programa Minha Casa Minha Vida ao ministro
 das Cidades, Gilberto Kassab, em Mogi
O prefeito de Poá Marcos Borges (o Marcos da Gráfica), preocupado em reduzir o déficit habitacional do município, entregou ao ministro das Cidades do Governo Federal, Gilberto Kassab, um projeto que contempla a construção de 154 casas na Vila Perracine. O investimento de aproximadamente R$ 18 milhões foi solicitado na manhã desta segunda-feira (20/04) em Mogi das Cruzes.

“Aproveitamos a oportunidade mais uma vez da visita do ministro Gilberto Kassab na região, para solicitar investimentos para a cidade de Poá e, neste caso, o apoio do Ministério das Cidades para implantarmos mais um projeto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida, desta vez na Vila Perracine, onde já está tudo encaminhado quanto ao terreno e ao financiamento pelo Banco do Brasil e, agora aguardamos apenas a palavra final do ministro Kassab para iniciarmos o empreendimento na cidade”, frisou o prefeito.

Prefeito Marcos Borges
O chefe do Executivo poaense destacou ainda o trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Habitação de Interesse Social de Poá para auxiliar o combate ao déficit habitacional do município. “Solicitamos à Secretaria para que busque áreas e desenvolva projetos importantes neste sentido. Sabemos que é muito difícil, mas nosso objetivo é zerar o déficit habitacional na cidade”, completou.

O secretário municipal de Habitação de Interesse Social de Poá, Osmar Schneider, que acompanhou o prefeito durante a visita do ministro Gilberto Kassab em Mogi das Cruzes – (para a assinatura da ordem de serviço das obras da passagem subterrânea da Praça Sacadura Cabral) -,  destacou que vários investimentos habitacionais estão entre os planejamentos da Pasta. “Precisamos atender a demanda da cidade que ainda é alta com aproximadamente 1,5 mil unidades, principalmente para casos de famílias em áreas de risco e em outras situações de vulnerabilidade social extrema”, disse.

Ele explicou que algumas áreas da região norte da cidade estão em negociações avançadas e djeisponíveis para construção dos empreendimentos e a Secretaria de Habitação da cidade, trabalha o mais rápido possível com a documentação para viabilizar as casas e apartamentos para o município de Poá.

Há pouco mais de um mês, o prefeito Marcos Borges entregou oficialmente para 256 famílias, os apartamentos do Conjunto Habitacional Esmeralda para, localizado no Jardim Débora. Nos próximos meses deverão ser entregues para mais 96 famílias, as unidades do Conjunto Habitacional Colinas de Poá, que está com 90% das obras concluídas.

Fonte: Secretaria de Comunicação de Poá - Fotos: Julien Pereira - Adilson Santos

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Adilson Santos fotógrafo cria sua fanpange e narra um pouco de sua história profissional

Bem, já faz um bom tempinho que eu tinha que criar a minha página de trabalho no facefook, ou Fanpage, mas vamos la, acabei de criar, e agradeço ao meu amigo Mauro Manoel, o qual foi o meu mentor de fotografia, onde após indicá-lo para fazer um serviço na Câmara Municipal de São Paulo, me presenteou com uma Zenit 12XP, isto por volta de uns 20 anos atrás.

Após ter a primeira câmara fotográfica, também fui incentivado pelo jornalista Aéssio Ramos Pinto do Jornal Novo São Paulo, onde comecei tirar algumas fotos na cidade de Poá.


Tudo começou com a queda do avião da Tam- A tragédia do voo 402
No dia 31 de outubro de 1996, eu que trabalha no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo na área de manutenção, fazia programa e era radialista da igreja Assembleia de Deus. Mas São Paulo, o Brasil e o Mundo recebia a fatídica notícia, da tragédia do voo TAM 402, que era uma linha aérea de passageiros entre São Paulo e Rio de Janeiro operada pela TAM Linhas Aéreas. Nesse dia, o Fokker 100, prefixo PT-MRK, com noventa passageiros e seis tripulantes a bordo caiu 24 segundos logo após a decolagem do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Cinco pessoas morreram em solo atingida por destroços da aeronave.

Zenit 12 XP - Minha primeira máquina
No dia seguinte, sai do serviço ao meio dia, e por volta das 13h a 102ª vítima Laércio Cremasco foi encontrado. Quando cheguei no local, cercado por viaturas, um policial disse:
Você é da imprensa?
Eu disse: Sim - Do Jornal Novo São Paulo.
Ele levantou a fita zebrada, eu já registrando tudo, presenciei o encontro do último corpo carbonizado e enterrado em meio aos destroços.

De lá para cá, fui tirando fotos, abri uma loja na Curva do S na Cidade Kemel 1, lugar perigoso, onde reportei assalto de perureiro. Fui para Ferraz de Vasconcelos, entrei na Revista Nação Evangélica, onde como editor de fotografia investi tudo e perdi.

O renascimento profissional
Recomecei no Guia Leste SP, fui reconquistando quando apareceu a oportunidade de compra de uma câmera fotográfica usada e duas filmadoras semi-profissional, mas sem condições, fui pedir dinheiro emprestado ao meu amigo Fernando Rodriguez Molina Júnior, o Júnior da Locadora. Ele comprou, e me disse: Meu amigo, isto é um presente para você trabalhar, não conte para ninguém. Bem, hoje tive que compartilhar isto, pois foi fundamental para o renascimento.

Depois, tive e tenho uma mão forte, um amigo que é presente de Deus, o Clodoaldo Massagli, que sempre foi e é uma mão, braço, perna, ou seja, um corpo amigo, sempre pronto quando mais preciso. Agradeço a cada familiar e amigo que sempre contribuíram de qualquer maneira.

As pessoas citadas acima, foram fundamentais para o meu crescimento, e amadurecimento profissional. Claro que tive e tenho outros diversos companheiros, que ajudaram e sempre ajudam no meu crescimento profissional, os quais entre eles destaco: Jovino Souza, Julien Pereira, Flávio Aquino, Maria Roque, Dene Santos, Mauro Cesar e Graciete, pessoas estas que todas vezes preciso, sempre são mãos amiga. E não podia esquecer da grande amiga de sempre e companheira Rose Rosa. Obrigado a todos.

Hoje, sou o fotógrafo oficial do Salão Internacional Gospel, criado e idealizado pelos amigos e irmãos Marcelo Rebello e Luciana Mazza, Sou fotógrafo da Revista Sacomani Report da professora Ana Claudia Sacomani, Diretor Executivo da ABME-SP (Associação Brasileira de Mídia Evangélica), onde agradeço aos companheiros Orli Rodrigues, e Adriana Bernardo. Obrigado a cada um de vocês.

Quero um #Like ou #Curtir na minha Fanpage
Aos meus amigos, por favor,gostaria de ganhar um #Like ou #Curtir - E obrigado desde já a todos, principalmente aos clientes e colegas profissionais. Sei que todos tem me apoiado e acompanhado minha vida profissional; a qual não seria nada sem a participação de cada um de vocês.

Meus #trabalhos são divulgados no blog que criei para compartilhar fotos, e divulgar #álbuns de #clientes: http://anguloproducoes.blogspot.com.br/

No Flickr: https://www.flickr.com/photos/fotocomadilson/

Na página da Ângulo Produções: https://www.facebook.com/AgenciaAngulo

E agora na minha Fanpage: https://www.facebook.com/adilsonsantosfotografo

sábado, 4 de abril de 2015

Uma foto, um olhar, uma cidade, uma vida, e um ato de cidadania

No dia 25 de junho de 2014, em um final de tarde, passando por um dos pontos turísticos da cidade, e local de grande circulação, vi que na rotatória Padre Eustáquio, no local que tem um grande mastro, estava faltando a bandeira. Esta bandeira brasileira tremulando aos ventos da cidade, já virou marco na cidade.

Claro que também faltavam muitas coisas na data desta foto. Faltava vagas de creches, + GCM, + Raio X no Hospital de Poá (onde não nasce + crianças), as obras do piscinão, que foi muito mudado e nunca terminava. Enfim, teria diversos motivos, de praças inacabadas, mas o que quero chamar a atenção, é para outra coisa. É visão da foto.

Nesta foto, percebi que a cidade precisava melhor, e melhor tendo nuvens um pouco espeça, podendo no meu olhar, termos dias melhores. Quando digo dias melhores, é para a cidade, ou seja, seus habitantes, o seu povo, que paga seus impostos, que tenha um lugar digno, calçadas e vias públicas transitáveis, ciclovias, sinalizadas, e não ligando nada a lugar nenhum.

Que a cidade tenha mais policias, agentes de trânsito, servidores público agindo com urbanidade, uma cidade com vagas de creches, entrega de exames não demorando seis meses, enfim, uma cidade tão digna, quanto o valor de nossos impostos pagos.

A esperança
Quando fiz a foto com o celular, eu tinha esperança de uma Poá melhor, pois uma cidade com sua alta arrecadação, já passou da hora, de ter um governo que pense e faça mais pelo povo. Ou melhor, fazer o básico necessário, pois uma cidade que tem um político, que tem a pachorra de dizer, que um pai de família não pode trabalhar, e usa de sua influência para tal. É o fim da picada. Já a outra política, também dissimulada, só vem conversar, quando lhe convém, achando que engana alguém. O povo esta de olho, e hoje temos as redes sociais.

Uma nova esperança renasce em Poá.
Uma nova esperança renasce na vida de cada Poaense.
Uma nova esperança renasce na vida de cada pessoa. Mesmo que inconscientemente, ou mesmo sabendo que a classe política fede, e não tem credibilidade, mas é nosso papel acreditar. Mesmo que haja decepção, mas o pior fica para quem decepciona o povo.

Eu acredito e vou continuar a acreditar no povo ordeiro, nos pais de famílias trabalhadores, nos comerciantes e profissionais liberais, nos empresários e no povo desta terra, que por vezes, pode até ter uma nuvem espeça, mas quando acreditamos na mudança, ela pode acontecer.

E o povo desta cidade, com certeza, espera dias melhores….

Quanto a mim, Adilson Santos, como cidadão, quero poder com o celular, como a foto acima, ou minha câmara de trabalho, quero continuar a exercer cidadania.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Hair Suzano: Sebrae-SP e A Simões promovem feira para o segmento de beleza

Feira será realizada nos dias 1 e 2 de fevereiro e contará com programação completa para atendimento dos empreendedores do segmento. Inscrições gratuitas

O Sebrae-SP e a empresa A Simões realizam, nos dias 1 e 2 de fevereiro, a feira Hair Suzano, voltada exclusivamente empreendedores do segmento de Beleza. O evento ocorrerá no Bunkyo do município de Suzano e contará com programação completa para atendimento de profissionais e empresários da área. Os visitantes poderão realizar capacitações diversas, visitar estandes dos expositores e participar de uma ação de formalização. A feira contará também com atendimentos de especialistas do Sebrae-SP nas unidades do Sebrae Móvel e do Sebrae Beleza. As inscrições são gratuitas e estão abertas a todos os municípios do Alto Tietê.

A abertura da Hair Suzano ocorrerá no dia 1 de fevereiro (domingo), a partir das 10 horas. Logo em seguida, às 10h40, o Sebrae-SP promoverá a palestra “Como se tornar um microempreendedor individual”, que tem objetivo de conscientizar os profissionais da área sobre a importância da formalização. Durante os dois dias do evento, o Sebrae-SP e a Prefeitura de Suzano manterão um espaço destinado à formalização do MEI. Os profissionais do município terão a oportunidade de retirar o CNPJ no próprio local. Já os visitantes de outras cidades poderão tirar dúvidas sobre o tema.
“O segmento de beleza é líder de formalização pela categoria do MEI na região do Alto Tietê.

Queremos contribuir para que essas estatísticas cresçam ainda mais nesse ano de 2015. Mais do que isso, nosso objetivo é capacitar os micro e pequenos empresários da área para que tenham condições de crescer e manter a competitividade”, destaca a gerente do Sebrae-SP no Alto Tietê, Cristiane Rebelato.

Na segunda-feira, dia 2 de fevereiro, a partir das 10h30, os visitantes da feira poderão assistir à palestra “Ninguém é Empreendedor Sozinho”, com André Furkin, agente do Programa Empreender pela Associação Comercial de São Paulo. Logo em seguida, às 11h30, haverá o lançamento do programa Sebrae Beleza e a palestra “Cenários do Segmento de Beleza”, com Elderci Garcia, representante do Sebrae-SP.

Os especialistas do Escritório Regional do Sebrae-SP também estarão na feira para orientar os micro e pequenos empresários do segmento. Eles prestarão atendimento no Sebrae Móvel, escritório itinerante que oferece consultorias em áreas como finanças, marketing, jurídico e planejamento. O carro do Sebrae Beleza também estará no evento. A unidade simula o interior de um salão de beleza para que os profissionais da área possam receber orientações de visual merchandising.
Tendências

A feira Hair Suzano apresentará aos visitantes as novas tendências do setor. O evento contará com uma ampla programação de capacitações técnicas voltadas para cabeleireiros e demonstrações de produtos nos estandes dos expositores. A empresa A Simoões também promoverá um concurso de corte de cabelo, cuja premiação está prevista para ocorrer na segunda-feira, a partir das 19 horas, durante a cerimônia de encerramento da feira.
As inscrições para a Hair Suzano são gratuitas e podem ser realizadas pelo telefone (11) 4722 8244. A programação completa está disponível no site www.hairsuzano.com.br.

Serviço: 
Feira Hair Suzano
Dias: 01 e 02 de fevereiro de 2015
Horários: 10h às 20 horas
Endereço: Avenida Armando Salles de Oliveira, 444, Parque Suzano (Bunkyo de Suzano).
Informações: (11) 4722 8244
Inscrições gratuitas

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

O #Colab.re - a rede social colaborativa para exercer #cidadania

Claro que cabe a cada cidadão(â) pagar seus impostos, queira ou não, já esta embutido e toda nossa movimentação financeira, onde o dinheiro arrecadado vai para o governo, que tem a obrigação de investir no coletivo, e manter em ordem a nação, estados e municípios, local onde moramos, trabalhamos e circulamos.

Mas nem sempre deparamos com uma cidade em ordem, e logo pensamos: "o governo não fez sua parte". Claro que sempre falta uma fiscalização, principalmente da prefeituras, mas a grande maioria dos cidadãos, não colabora ou faz sua parte.

Mas agora, quem gosta de exercer cidadania, onde nossos aparelhos de celulares fazem quase tudo, inclusive até ligação, com os diversos aplicativos que existe para o nosso bem estar, existe o Colab.re - onde quando passar pela rua, ver uma calçada irregular, o cidadão pode após instalar o aplicativo, cobrar do poder público, registrando o problema. Sendo que ele pode:

#Fiscalizar
, onde o cidadão cadastra um problema, sendo rápido, classifica a categoria onde acha e classifica onde o problema se encaixa, tira uma foto, e publica.

 #Propor pois o cidadão que tem uma ideia ou projetos, propõe para a prefeitura de sua cidade. Escolhendo uma categoria com sua proposta, vendo o quesito que se encaixa, tira a foto, onde se o cidadão estiver no local, o próprio gps acha o endereço, tira a foto e pronto. Clique e publique.

#Avaliar - ainda em fase de implantação.

Para instalar o aplicativo, é facil, clique aqui, e será direcionado ao Google Play e instale o Apps (aplicativo). Já quem quiser conhecer pelo #facebook, pode acessar também clicando aqui.

Adilson Santos, blogueiro e ativista social, aderiu ao aplicativo, e informa que para a cidade de Poá, encaminhará um ofício ao prefeito Marcos Borges, para que como em muitas outras cidades no Brasil e no Mundo, para que Poá use esta ferramenta, para que a cidade possa não só ser monitorada pelos seus moradores e frequentadores, como também seja uma ferramenta, para que a prefeitura fique atenda aos problemas que cabe a ela resolver e administrar, pois segundo Santos, em 12 meses de funcionamento dela, foram registrados 6 mil queixas. Esta será uma boa ferramenta para a #ouvidoria.

No ano de 2013, a New Cities Foundation, classificou como melhor aplicativo urbano, já a Colab (www.colab.re) afirma que é uma rede social voltada para a cidadania, compromete  enviar todas as publicações para as prefeituras, além de encaminhar as respostas recebidas de volta aos cidadãos.

Veja um exemplo aqui (clicando) onde na cidade de Santos em São Paulo, uma cidade com 433,57 mil habitantes, onde 932 seguidores do #Colab cobram e são atendidos pela #ouvidoria da prefeitura da cidade.

Para Adilson Santos, esta é a melhor ferramenta, onde o cidadão agora tem um apoio efetivo, para poder cobrar o #PoderPúblico, e não somente ficar lamuriando nas redes sociais, com os diversos descasos da classe política no pais, mas com um pode efetivo de cobrança para que o problema seja resolvido.

O aplicativo, que foi usado na copa do mundo no Brasil, com a adesão também da cidade do Guarujá, e também Curitiba, com certeza, será de boa valia para a valorização não só da cidade e estância hidromineral de Poá, como para seus cidadãos, e frequentadores.

A rede social, recebeu aporte de R$ 3,5 milhões de reais, com o objetivo de incentiva as melhorias nas cidades brasileira. Eu já fiz a minha parte, então vamos la, faça a sua.

Veja algumas matérias de TV que fala do aplicativo

No programa Como será



No Parana TV



No Bom Dia Brasil




No Globo News

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Sebrae-SP oferece cursos de Educação a Distância

No total, são oferecidos 48 cursos em 9 áreas diferentes. As inscrições são gratuitas e estão disponíveis para os empreendedores da região do Alto Tietê

Os empresários interessados em aprofundar os conhecimentos em busca melhores resultados para os negócios, podem realizar os cursos de Educação a Distância (EAD) oferecidos pelo Sebrae-SP. No total, são 48 cursos diferentes, divididos em nove importantes áreas da gestão empresarial. As inscrições são gratuitas e devem ser realizada diretamente pelo site o Sebrae-SP. Os empreendedores do Alto Tietê que possuírem dúvidas podem procurar orientações no Escritório Regional do Sebrae-SP.

No ato da inscrição, os interessados deverão fornecer o CNPJ da empresa, ou CPF no caso dos temas voltados para pessoas físicas. Os empreendedores precisarão apenas de um computador com acesso à Internet para realizar os cursos. Cada unidade possui duração de 3 horas. “Os cursos de EAD são uma importante oportunidade de conhecimento, especialmente para aqueles empresários que possuem pouco tempo e não podem participar dos atendimentos do Sebrae-SP em horário comercial”, destaca Marcio Barcellos, gerente regional interino do Sebrae-SP no Alto Tietê.

Os cursos abordam as seguintes áreas: Empreendedorismo, Planejamento, Administração, Finanças, Marketing, Comércio Exterior, Recursos Humanos, Legislação e Inovação. Entre os mais procurados estão “Fluxo de Caixa”, “Divulgação da Empresa” e temas inovadores voltados para o comércio eletrônico, redes sociais e economia criativa. A relação completa (confira tabela) pode ser acessada no site www.sebraesp.com.br; onde o empresário também encontrará as fichas de inscrição.

Os empresários da região do Alto Tietê que tiverem dúvidas sobre os cursos de EAD do Sebrae-SP podem obter informações adicionais na sede do Escritório Regional, localizado em Mogi das Cruzes na Avenida Francisco Ferreira Lopes, 345, Vila Lavínia. O telefone é (11) 4722 8244.


EAD Sebrae-SP
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
EmpreendedorismoDesperte seu potencialPotencial empresário3 horasGratuita
EmpreendedorismoPotencial empresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
Comércio ExteriorExportaçãoEmpresário3 horasGratuita
Iniciando na ImportaçãoEmpresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
FinançasFluxo de CaixaPotencial empresário3 horasGratuita
Fluxo de CaixaEmpresário3 horasGratuita
Fluxo de CaixaMEI3 horasGratuita
Controle de Gastos no ComércioEmpresário3 horasGratuita
Controle de Gatos na IndústriaEmpresário3 horasGratuita
Controle de Gastos no ServiçoEmpresário3 horasGratuita
Preço de venda no ComércioEmpresário3 horasGratuita
Preço de venda na IndústriaEmpresário3 horasGratuita
Preço de venda no ServiçoEmpresário3 horasGratuita
Contabilidade para empresáriosEmpresário3 horasGratuita
Gestão FinanceiraEmpresário3 horasGratuita
Viabilidade de NegóciosEmpresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
PlanejamentoDesenvolva sua empresaEmpresário3 horasGratuita
Invista no PlanejamentoEmpresário3 horasGratuita
Oportunidade e Visão de NegóciosEmpresário3 horasGratuita
Planejamento EstratégicoEmpresário3 horasGratuita
Sucessão EmpresarialEmpresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
Inovação e TecnologiaCriatividadeEmpresário e potencial empresário3 horasGratuita
Design na empresaEmpresário3 horasGratuita
InovaçãoEmpresário3 horasGratuita
Pequenas empresas nas redes sociaisEmpresário3 horasGratuita
Planeje-se para o comércio eletrônicoEmpresário3 horasGratuita
Programa Economia CriativaEmpresário3 horasGratuita
Responsabilidade Social EmpresarialEmpresário3 horasGratuita
SustentabilidadeEmpresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
Marketing e VendasDivulgação da EmpresaEmpresário3 horasGratuita
Ganhe MercadoEmpresário3 horasGratuita
Qualidade no atendimento ao clienteEmpresário3 horasGratuita
Vendas externasEmpresário3 horasGratuita
Vendas InternasEmpresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
AdministraçãoMantendo o estoque em diaEmpresário3 horasGratuita
Meio de HospedagemEmpresário3 horasGratuita
Serviços de AlimentaçãoEmpresário3 horasGratuita
Turismo ReceptivoEmpresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
Recursos HumanosContratos de TrabalhoEmpresário3 horasGratuita
Departamento Pessoal na PráticaEmpresário3 horasGratuita
Equipe MotivadaEmpresário3 horasGratuita
Gestão de Equipe de VendasEmpresário3 horasGratuita
Investimento em PessoasEmpresário3 horasGratuita
Lidere sua EquipeEmpresário3 horasGratuita
NegociaçãoEmpresário3 horasGratuita
Torne-se um líderEmpresário e potencial empresário3 horasGratuita
ÁreaNomePúblico-alvoCarga horáriaInscrição
LegislaçãoMEI - Microempreendedor Individual: Como se FormalizarPotencial empresário3 horasGratuita
Simples NacionalEmpresário3 horasGratuita


Fonte: Assessoria de Imprensa 

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Prefeitura muda ponto de ônibus mas não orienta a população

Ponto de ônibus provisório
Já tem alguns dias, que a Prefeitura de Poá mudou um dos principais pontos de ônibus na área central de Poá, que fica na Rua Herculano Duarte Ribas, em frente a Praça Atílio Santareli, popularmente conhecido como lado de baixo da estação.

Algumas pessoas ainda esperam ônibus no local
Já tinha muito tempo que havia ali um ponto precário, e nunca foi feito nada em prol do grande número de pessoas que usam o espaço que estava pequeno, e em dias de sol e chuva, tinham que se espremer para aguardar o seu coletivo. Ai veio a reforma da estação, como sempre muito lenta, onde causa ainda mais transtornos a todos, pois toda obra é assim.

Mas ai a prefeitura mudou o ponto de ônibus, e não deixou nenhuma orientação, faixa e muito menos funcionários da Secretaria de Transportes para orientar a população.

Veja as fotos abaixo, onde vamos cobrar da prefeitura mais e um atendimento respeitoso e satisfatório, para quem usa o local. Pois a passagem subterrânea esta pequena e não consegue acolher com conforto, as pessoas que por la circulam.

Na saída da passarela é grande o número de pedestres que circulam
 pelo local, ainda mais agora que a passarela que dá acesso a
estação de trem, foi derrubada para a construção de uma nova
E uma outra ação que tem que ser tomada pela prefeitura, é melhorar o aspecto visual, ou melhor, o campo de visão de quem sai da passarela ( quando sobe pela na escada), e vai atravessar na faixa de pedestre, sentido a Praça Atílio Santareli, onde tem uma grade que tampa a visão (ISTO QUANDO A PREFEITURA E OUTROS COLOCAM FAIXA NO LOCAL, TAMPANDO AINDA MAIS A VISÃO).

Nesta grade, se for colocada qualquer tipo de faixa de publicidade, tampa ainda mais o ângulo de visão, e por vezes, os carros, ônibus e caminhões vem acelerados, onde o pedestre que não prestar atenção, corre o risco de ser atropelado ou abalroado pelos carros que circulam pelo local.

Aguardando Providências

Vamos aguardar para que a prefeitura providencia faixas orientando as pessoas sobre o novo ponto de ônibus, como também que nos horários de pico, haja fiscalização dos agentes de trânsito, como orientação aos passageiros e motoristas que circulem pelo local, como também a proibição de faixas que obstrua o campo de visão das pessoas.


Veja mais fotos do local:












quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Politicagem em Poá - Quem ganha com isto?

Esta acontecendo uma politicagem em Poá como nunca houve na história da cidade. Poá é uma cidade bem próxima da capital paulista, com características interiorana, e com pessoas bem diversificadas nos seus 17 quilômetros quadrados territoriais.

É uma cidade que deu filhos à guerra, com diz o seu hino oficial, com um público mais enraizado e onde moradores ajudaram na formação da cidade, e em sua formação político administrativo desde sua fundação em 1949, sendo poucos vivos, mas os filhos viveram como crianças e acompanharam o progresso e crescimento da cidade, onde alguns ainda habitam na cidade.

O outro público, é formado em sua grande maioria, de pessoas que vieram através do crescimento imobiliário, que toma conta dos municípios limítrofes de grandes capitais, entre eles São Paulo. Das pessoas que frequentam a cidade tem até empresário e deputado federal, que vem aqui trabalhar de helicóptero, mas em contra partida, temos pessoas que moram nas ruas, ou em condições ainda sub humanas na periferia da cidade.

Temos bairros populosos, como exemplo o da Vila Perracine, que não tem área de lazer para crianças e adolescentes, não tem posto de saúde, e muito menos creche. Mas tem escola particular, usando o prédio da prefeitura.

Mas uma coisa que a cidade tem, e foi um avanço, é verba, dinheiro público, os nossos tributos, onde nos últimos cinco anos, cresceu muito bem obrigado.

Mas o que é politicagem?
Segundo o dicionário Dicio - Significado de Politicagem é: s.f. Política que tem por objetivo atender aos interesses pessoais ou trocar favores particulares em benefício próprio. Política reles e mesquinha de interesses pessoais. Refere-se aos ou políticos adeptos dessa política. (Etm. política + agem).

O que me chamou a atenção, não tem sido só o grande valor que o gestor(es) público, ou seja, o prefeito municipal, tem para trabalhar em prol da cidade. Para o ano que vem, foi discutido em audiência pública na câmara da cidade, uma previsão orçamentária de R$ 403.762,400,00 (Quatrocentos e três milhões, de reais, setecentos e sessenta e dois mil, e quatrocentos reais). Ou seja, uma grande quantidade para ser trabalhado e revertido ao povo morador da cidade, e seus frequentadores, fora os valores de convênio com os governos do estado e união, com diversos projetos que trazem benefícios, crescimento e desenvolvimento para a a cidade.

Com esta quantidade de dinheiro, onde o prefeito reeleito Francisco Pereira de Sousa, (SD) o Testinha, que foi cassado pela Câmara Municipal de Poá, foi substituído pelo seu vice, Marcos Antonio Andrade Borges, conhecido como "Marcos Borges" ou "Marcos da Gráfica". Claro que cada prefeito coloca em seus cargos de confiança, secretários, diretores, chefes e assessores de sua confiança, pois são os seus representantes, pra prestarem  serviços público, gerindo e atendendo junto com os servidores concursados a máquina pública municipal.

A politicagem para desestabilizar o governo
Uma coisa que causou estranheza, nesta terceira volta à prefeitura do prefeito Marcos Borges, foram os muitos servidores comissionados, que pediram exoneração em massa, onde segundo informações, foram orientados pelo ex-prefeito Testinha, que nega. É tão estranho, que quando Marcos assumiu pela primeira vez, tal fato não aconteceu, sendo bem fácil diagnosticar, que não era um pensamento coletivo de cada comissionado, mas a suspeita de ter vindo uma ordem de algum lugar, é bem maior, pelo acontecido.

Claro, que fiquei sabendo que teve gente que pediu exoneração, se arrependeu, e houve muitos, que não seguindo o pedido vindo como ordem, para pedir exoneração de seu cargo comissionado.

E como já disse la em cima, a cidade nunca teve tanto dinheiro, e também este modo de fazer política suja, chamado de politicagem, que começou pela melhor idade, onde diversas pessoas la receberam ligações terroristas. Depois, ouvi uma senhora dizendo no dia da caminhada contra o câncer, que uma pessoa havia recebido dinheiro para vaiar o prefeito Borges quando falasse ao público no microfone.

Depois vieram outras ações, para aterrorizar o povo da cidade, que usa seus instrumentos público, como do Posto de Saúde do Jardim Nova Poá. E pasmem, hoje quando abri o site da prefeitura, havia mais um informe, desta feita, informando sobre a secretaria de habitação, conforme mostra a foto la em cima.

Até quando a cidade terá isto? Pois em pouco tempo, aconteceram muitas coisas negativa, que prejudicam o povo, ou seja, as pessoas simples, que são levadas pelo sentimento emocional da política, feita pelos políticos sensacionalista, como me disse dois amigos: É o tipo de política, onde o político é lobo, e usa vestes de cordeiro. Ou seja, utiliza do resultado da busca por assuntos sensacionais cuja repercussão tende a fomentar escândalos, chocar uma sociedade, sem que tais assuntos sejam verdadeiros.

O que o povo precisa é de respeito e qualidade dos serviços público. Pois uma coisa é certa, a cidade e sociedade, pode agora fazer uma boa avaliação dos gestores público, através de suas ações de governabilidade.

Adilson Santos - cidadão, fotógrafo, blogueiro, ativista social, ciclista e militante de bons serviços público para a Vila Perracine e Poá
http://adilsonsantosfotografo.blogspot.com.br/

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Disque 180 encaminhará denúncias de violência contra a mulher às autoridades competentes

O número 180, que recebe denúncias de violência contra as mulheres, encaminhará os casos para as secretarias de segurança pública e para órgãos de investigação, como o Ministério Público.

O disque 180 é uma das principais ferramentas de enfrentamento à violência contra a mulher e cerca de 70% dos municípios já contam com o serviço.

Antes, a central orientava as mulheres sobre quais órgãos procurar para que a denúncia fosse efetivada.

Agora, após receber a denúncia, a própria equipe da Secretaria de Políticas para as Mulheres fará o processo de encaminhamento às autoridades competentes.




 Violência contra a Mulher - O mais incrível vídeo

 EMOCIONANTE - Fim da Violência contra as Mulheres

 Violência Doméstica - Animação 



Matéria do Fantástico: Violência contra a mulher